Acessoline Telecon - Mudanças em padrão Wi-Fi podem melhorar conexão e diminuir interferências
Menu

Nossas Unidades

Mudanças em padrão Wi-Fi podem melhorar conexão e diminuir interferências

 

A mudança no padrão mais recente inclui um número maior de canais para menos interferência e a capacidade de enviar sinais para vários dispositivos ao mesmo tempo. Pensando nessas melhorias de forma prática, o aumento de largura de banda dos canais significará uma melhoria potencial de 100% na velocidade de conexão.

Muitas destas tecnologias já existem em roteadores vendidos no varejo, inclusive no Brasil, mas não eram parte das especificações do padrão AC aceito pela Wi-Fi Alliance. Assim, a partir de agora, todos os dispositivos devem adotar as mudanças.

Para entender cada atualização, confira abaixo as mudanças no padrão AC nas categorias: interferência, alcance, concorrência e velocidade.

 

Interferência

O sinal de Wi-Fi se propaga através de ondas de rádio, o que significa que outras transmissões na mesma frequência podem interferir no sinal.

O padrão N do Wi-Fi, antecessor do AC, é um dos mais usados no Brasil e pode operar em cerca de treze canais diferentes na faixa de 2.4 GHz, ou seja, é possível ter até treze redes sem fio distintas em locais próximos sem repetição. O problema é que um sinal ocupa até cinco canais ao mesmo tempo, o que aumenta a interferência.

Os modens Wi-Fi modernos normalmente possuem recursos para selecionar melhor o canal a ser usado. Esta tecnologia, aliás, é obrigatória no Brasil segundo a resolução nº 506 da Anatel, emitida no dia 1º de julho de 2008.

 

Alcance

Outra diferença do padrão AC para seu antecessor é o alcance máximo do sinal. Uma rede Wi-Fi N pode alcançar até 70 metros de distância em condições ideais em ambiente urbano. Já o alcance máximo do AC é de apenas 35 metros. Ter um sinal mais curto pode parecer uma desvantagem, mas não é. A maior parte das pessoas usa seus dispositivos a uma distância pequena do roteador, o que significa que uma distância maior é muitas vezes desperdiçada.

 

Concorrência

O roteador Wi-Fi possui sinal limitado e, quanto mais computadores ou smartphones tiver em sua rede, mais lenta fica a conexão.

A solução encontrada, adotada no novo padrão AC, é chamada de MU-MIMO, uma sigla que significa “múltiplos usuários, múltiplos inputs e múltiplos outputs”. Com a ferramenta, o roteador configurado no formato Wi-Fi mais recente pode se comunicar ao mesmo tempo com vários computadores ou celulares, o que permite que um número maior deles se conecte ao mesmo aparelho sem perda de qualidade.

 

Velocidade

Entre as atualizações está o aumento de largura de banda dos canais, que salta de 80 MHz, no padrão N, para 160 MHz, o que significa um aumento potencial de 100% da velocidade. Os roteadores também serão capazes de transmitir em quatro fontes diferentes, tornando a troca de dados mais rápida.

A melhora exata da velocidade depende da capacidade do roteador utilizado e pela franquia de internet do usuário.

 

Via Wi-Fi Alliance, Digital Trends e Tech Tudo

Veja também:

 

 Compartilhar
 Tweetar
0 Comentários

Comentários